Ensinar para Multiplicar
A formação e capacitação focada na pesquisa e conservação de tartarugas marinhas sob abordagem ecossistêmica

Caminho Marinho convida estudantes de biologia, oceanografia, gestão ambiental, engenharia de pesca, além de educação física, arte-educador, educação ambiental, comunicação, fotografia e produção audiovisual, para realizarem estágio extracurricular, estágio curricular e/ou pesquisa aplicada (TCC, monografia, dissertação ou tese) junto às atividades propostas por Caminho Marinho. 

Durante os últimos meses, Caminho Marinho buscou projetar um Programa de Capacitação que aliasse a capacitação teórica junto a oportunidade de compartilhar das práticas em pesquisa e extensão promovidas pelo Caminho Marinho, dentro de uma acessibilidade econômica tanto aos participantes como a nossa instituição.

Através desse programa, os participantes terão contato direto com as práticas de monitoramento em áreas de alimentação através do Monitoramento das tartarugas marinhas nos Molhes da Barra propostos por Caminho Marinho em Rio Grande, Rio Grande do Sul, incluindo captura intencional, acompanhamento da pesca amadora e artesanal, embarques pela Lagoa dos Patos, além do desenvolvimento de atividades de educação ambiental com crianças e jovens.

(Se você não é estudante ou já é profissional formado, tal vez possa-se interessar em nosso Programa de Voluntariado)

OS CANDIDATOS DEVEM APRESENTAR:

  • Interesse na área de ciências biológicas, oceanografia ou áreas afins;
  • Interesse na área de comunicação, educação ambiental, produção audiovisual ou afins;
  • Fluência na língua portuguesa.
  • Sociabilidade e habilidade para trabalhar em praia; 
  • Sociabilidade para convivência harmônica com pessoas de diferentes culturas, credos e etnias; 
  • Dedicação e entusiasmo, mesmo diante de longos períodos de trabalho de campo.

PERÍODO DO PROGRAMA E DURAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO

Entre março e julho de 2018, o participante poderá selecionar a duração de participação (mínimo de 15 dias) dentro de suas necessidades acadêmicas e possibilidades; devendo enquadrar-se em uma das três modalidades: estágio extracurricular, estágio curricular ou pesquisa aplicada.  

ATIVIDADES:

Os participantes desenvolverão as atividades promovidas pelo Caminho Marinho, definido semanalmente, em uma carga horária semanal de 40 horas – 8 horas ao dia, com dois dias livres semanais – dividida em atividades de campo como no desenvolvimento de atividades na base, como:

  • Avistagem de tartarugas marinhas desde ponto fixo (Molhes da Barra)
  • Captura intencional, biometria, coleta de amostras e marcação de tartarugas marinhas nos Molhes da Barra
  • Embarques de avistagem e captura intencional para regiões do estuário da Lagoa dos Patos e Molhe Leste (São José do Norte)
  • Monitoramento da pesca amadora e artesanal nos Molhes da Barrra de Rio Grande
  • Atividades de educação ambiental envolvendo crianças e jovens 

 ALOJAMENTO E INFRA-ESTRUTURA:

Caminho Marinho recebe visitantes e organiza oficinas em sua base, localizada no Balneário Cassino. Além disso, a base Caminho Marinho foi projetada para receber os participantes, oferecendo a cortesia de alojamento em uma ampla casa com dois quartos compartilhados para estagiários, dois banheiros, sala de estar, cozinha ampla, equipada com internet e máquina de lavar, além de quintal com hortaliças, frutas e compostagem. A base tem organização coletiva entre os estagiários e voluntários para manutenção do bom ambiente de convivência. Roupas de cama e banho são de responsabilidade do estagiário.

Para a alimentação da equipe, Caminho Marinho busca realizar as refeições de forma coletiva, organizada por todos, aproveitando-se da horta caseira, pão e bolos caseiros para o oferecimento de três refeições básicas (café da manhã, almoço e jantar) durante todos os dias de participação. Apesar de ser considerada uma alimentação básica, Caminho Marinho sempre busca adequar-se às restrições alimentícias dos participantes.

O participante não precisa necessariamente aloja-se na base do Caminho Marinho, podendo hospedar-se na rede hoteleira do município, ou ser morador da cidade de Rio Grande ou São José do Norte.

INVESTIMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA (março à julho 2018):

48 Reais por dia de participação (mínimo 15 dias)

Forma de Pagamento: Até 4 vezes via depósito bancário ou cartão de crédito

Inclui certificação de capacitação teórico-prática conforme período e modalidade escolhida, além da cortesia de alojamento e três refeições básicas; não é obrigatório hospedar-se e alimentar-se na base.

*Condições e tarifas estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.